Pre-tratamientos de Depuración y Control, Nueva cultura y sensibilidad en Industria Agro-Alimentaria y en usuarios domésticos en defensa del Medio Ambiente

A AgdA- Aguas Publicas do Alentejo, SA é parceira no projeto PREDAQUA financiado pela União Europeia e que tem como objetivo desenvolver e partilhar experiências na prevenção e tratamento de descargas agroindustriais e resíduos urbanos nas redes de saneamento e ETAR.
As quatro entidades envolvidas no projeto são entidades gestoras de água e saneamento de Portugal (AgdA – Aguas Publicas do Alentejo, SA e Aguas do Algarve SA) e Espanha (Promedio - Consorcio de Gestión Medioambiental de la Diputación de Badajoz e ARECIAR - Agencia de Régimen Especial del Ciclo Integral de Aguas del Retortillo) que pretendem desenvolver e partilhar experiencias relativamente a esta problemática comum, através de investimento global de 1.055.577,69€ financiado a 75% pelo FEDER.
Com esta participação, a AgdA pretende: 

  • Promover a consciencialização dos Municípios enquanto entidades gestoras em “baixa” responsáveis pela gestão das redes de drenagem e pela autorização de ligação das indústrias a estas redes e dos produtores agroindustriais, em particular de adegas, lagares e queijarias, para o impacte que estas descargas têm ao nivel do funcionamento das Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) e na degradação do meio ambiente.
  • Detetar precocemente a ocorrência destas descargas nas ETAR de modo a atuar de forma mais célere e evitar a perturbação do processo de tratamento da instalação e de descargas com parâmetros acima do permitido pela legislação em vigor e pela entidade licenciadora.
  • Promover a consciencialização a população para o impacte que o despejo de resíduos urbanos nas redes de esgotos tem ao nível do funcionamento das Estações Elevatórias e ETAR, através da realização de ações de sensibilização e divulgação de materiais nas escolas e feiras regionais e visitas às ETAR.

Para mais informações consulte aqui.

poseur logo portugal2020 logo UE logo