Início do Site      Contactos      Mapa do Site

Notícias

AgdA distinguida com o selo de qualidade exemplar de água para consumo humano

Versão para impressão PDF

A AgdA foi distinguida no passado dia 8, durante a 12.ª Expo Conferência da Água, com o Selo de qualidade exemplar de água para consumo humano.

Esta distinção, atribuída pela ERSAR – Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos em parceria com o jornal Água&Ambiente, reconhece o cumprimento, no último ano de avaliação regulatória (2016), de um conjunto de critérios relativos à qualidade da água, nomeadamente o cumprimento do PCQA (Programa de Controlo da Qualidade da Agua), acima de 99% de cumprimento dos parâmetros de controlo de rotina 1 (bactérias coliformes e E. Coli), dos parâmetros organoléticos (cheiro e sabor) e acima de 99% de fornecimento de água segura.

Segundo a ERSAR, o objetivo deste galardão é “evidenciar as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água que, no último ano de avaliação regulatória, tenham assegurado uma qualidade exemplar da água para consumo humano”.

Para além da AgdA foram também distinguidos 8 municípios do SPPIAA, Beja (EMAS de Beja EEM), Cuba, Montemor-o-Novo, Moura, Odemira, Santiago do Cacém, Serpa e Vendas Novas, de um total de 78 entidades gestoras que prestam serviços de abastecimento público de água.

Os Selos de Qualidade do Serviço ERSAR 2017 (vertente água) inserem-se na iniciativa da Entidade Reguladora, Prémios e Selos de Qualidade dos Serviços de Águas e Resíduos.

 

AgdA reforça Abastecimento de água a mais quatro municípios do Alentejo

Versão para impressão PDF

A AgdA - Águas Públicas do Alentejo, SA acaba de adjudicar uma empreitada no valor de 2,6 milhões de euros que irá reforçar o abastecimento de água aos concelhos de Barrancos, Mértola, Moura e Serpa.

A AgdA - Águas Públicas do Alentejo, SA adjudicou a empreitada para reforço da adução ao eixo Serpa - Moura, no valor de 2,6 milhões de euros, à empresa Submerci, Construções e Urbanizações, Lda.
A empreitada, que representa um investimento de 2,6 milhões de euros financiados a 85% pelo POSEUR – Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos e tem um prazo de execução de 450 dias, irá permitir reforçar a continuidade do serviço de abastecimento de água ao concelho de Serpa, estender o abastecimento a partir da ETA do Enxoé aos concelhos de Moura e de Barrancos e ainda reforçar a adução de água a Mértola.
A ligação à ETA do Enxoé, além de assegurar o abastecimento de água em quantidade aos quatro municípios alentejanos, vai também permitir melhorar a qualidade da água distribuída às populações que são atualmente servidas por captações subterrâneas, pouco produtivas e com problemas de qualidade.
Refira-se ainda que a ETA do Enxoé, que atualmente garante o abastecimento público ao município de Serpa e margem esquerda do município de Mértola, será ampliada e melhorada nas suas etapas processuais. Este concurso público encontra-se já a decorrer e terá um investimento previsto de 4.85 milhões de euros.
Desde o início da sua atividade, em 2010, a AgdA - Águas Públicas do Alentejo, S.A. já realizou um total de 45 milhões de euros de investimento em abastecimento de água, financiado pelo POVT – Plano Operacional de Valorização do Território, e pretende investir mais 117 milhões de euros até 2020, com financiamento POSEUR, abrangendo uma população de 200.714 habitantes.

 

AgdA Adjudica Construção de ETAR para São Teotónio

Versão para impressão PDF

A AgdA adjudicou a empreitada de conceção-construção do sistema elevatório e da ETAR de S. Teotónio, concelho de Odemira, ao consórcio Domingos da Silva Teixeira/ DTE – Instalações Especiais S.A.

Com um investimento de € 1.734.098,00 e um prazo de execução de 695 dias, esta empreitada irá permitir tratar as águas residuais provenientes de toda a população de S. Teotónio (com cerca de 2 100 habitantes), através de um sistema de lamas ativadas em vala de oxidação, e resolver assim um problema ambiental de descarga destes afluentes no meio hídrico sem tratamento adequado e uma situação de contencioso comunitário por incumprimento da Diretiva de Aguas Residuais Urbanas.

Este investimento, financiado a 85% pelo POSEUR, vem complementar outro investimento efetuado anteriormente pela AgdA nesta localidade, no valor de €162.124,00 e financiado a 56% pelo POVT, que permitiu construir o sistema intercetor e encaminhar todos os esgotos para a ETAR atual, com descativação das duas fossas sépticas existentes.

Desde o início da sua atividade em 2010, a AgdA - Águas Públicas do Alentejo, S.A. realizou um total de 30 milhões de euros de investimento em saneamento, financiados pelo POVT e pretende investir mais 61 milhões de euros até 2020, com financiamento POSEUR, abrangendo uma população de 169.783 habitantes.

 

AgdA Assegura Abastecimento de Água em Serpa com Investimento 9,5 Milhões de Euros

Versão para impressão PDF

Aos investimentos já concluídos no Município de Serpa, a AgdA – Águas Públicas do Alentejo, S.A. junta agora a empreitada de Reabilitação e Ampliação da ETA do Enxoé. 
Estes investimentos, no valor de 9,57 milhões de euros ficarão concluídos até final de 2018.

Realizou-se a 14 de setembro, em Serpa, a apresentação dos investimentos a executar neste Concelho relativamente ao abastecimento de água.

Na sessão, que contou com a presença dos Administradores Executivos da AgdA – Águas Públicas do Alentejo S.A., João Silva Costa e Susana Ramalho, foram publicamente apresentados os investimentos a realizar no concelho de Serpa, que passam pela Reabilitação e Ampliação da ETA do Enxoé e das captações subterrâneas da Horta dos Banhos que, em conjunto, assegurarão o abastecimento de água a toda a população.

Estes investimentos integram-se num plano estruturado e mais amplo que inclui a construção de outros reservatórios no concelho, investimento já realizado, e que permitiram aumentar a capacidade de reserva de água tratada para posterior distribuição à população.

No seu conjunto, estes investimentos a realizar pela AgdA – Águas Públicas do Alentejo S.A. no município de Serpa até final de 2018, representam cerca de 9,57 milhões de euros e permitem assegurar uma gestão integrada do ciclo urbano da água no Município, com impacto positivo ao nível da fiabilidade e robustez do sistema de abastecimento de água a Serpa.

Dos investimentos totais a realizar e já realizados, 7,97 milhões de euros são cofinanciados pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), Portugal 2020, com o apoio da União Europeia, no âmbito do Fundo de Coesão, sendo os restantes 1,6 milhões de euros referente à empreitada de execução dos Reservatórios do Enxoé já concluída, cofinanciados a 65% pelo Programa Operacional Temático de Valorização do Território (POVT) no âmbito do QREN, com o apoio da União Europeia.

 
Pág. 1 de 35